Maia revela que Governo não tem mais condições de aprovar reforma da Previdência

06/09/2017

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, revelou o que o Governo não admite até por contabilidade: a reforma da Previdência não tem a menor chance de ser aprovada no Congresso.

O presidente Michel Temer perdeu força, os partidos se reposicionaram, e a força contrária ganhou.

A equipe econômica ainda fala nesta possibilidade de reforma porque o orçamento depende desse ajuste, e o mercado ainda usa a contabilidade das mudanças, mas já sabe que não haverá nova Previdência.

Até o vice-líder do Governo, deputado Beto Mansur, responsável pela contabilidade, parou de fazer as avaliações sobre as posições dos deputados. E se tivesse que ser reativada a reforma, a conversa deveria partir da estaca zero.

A avaliação realista é de que antes havia dificuldade e que o Governo não tinha os 308 votos necessários. Agora, o Governo já não tem nem os votos de antes que aprovaram a reforma trabalhista, que sequer é uma emenda à Constituição.

Fonte: Jovem Pan